Voos domésticos em agosto chegam a 70% do cenário pré-pandemia

As companhias aéreas nacionais tiveram, no mês de agosto, o quarto mês consecutivo de crescimento no número de voos domésticos, com uma média de 1680 partidas diárias, o que equivale a 70% da média de voos no início de março de 2020, antes dos impactos da pandemia de covid-19 no setor.

Os resultados são do levantamento da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), com base em dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Ainda segundo a associação, este é o segundo melhor desempenho do indicador desde o início da pandemia, ficando atrás apenas de janeiro de 2021, que registrou 75% da média de voos pré-pademia.

O presidente da Abear, Eduardo Sanovicz, avalia que a vacinação contra a covid-19 está influenciando na demanda no setor aéreo.

“A imunização está avançando, com boa parte dos maiores de 18 anos já imunizados com a primeira dose em diversas localidades. A chegada da vacina para mais públicos é essencial para mantermos essa escalada nos números”, disse Sanovicz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vacina Pfizer é eficaz a longo prazo em adolescentes, diz estudo

A Pfizer disse nesta segunda-feira que sua vacina contra a Covid-19 ofereceu forte proteção de longo prazo contra o vírus em um estudo de estágio avançado conduzido com adolescentes de 12 a 15 anos.

Uma série de duas doses da vacina foi 100% eficaz contra a Covid-19, monitorada de sete dias a mais de quatro meses após a segunda dose, disse a empresa.

Os dados de longo prazo apoiarão as submissões programadas para a aprovação regulatória total da vacina para essa faixa etária nos Estados Unidos e em todo o mundo.

A Pfizer e a BioNTech buscarão liberação para aplicação de uma dose de 30 microgramas da vacina em pessoas com 12 anos ou mais.

A vacina foi autorizada para uso emergencial em adolescentes com idade entre 12 e 15 anos pela Agência de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA) em maio, e obteve aprovação total para uso em pessoas com 16 anos ou mais em agosto.

Bancada paranaense destinará verba para vacina da UFPR e PRF

A Bancada do Paraná se reuniu, na terça-feira (9), para discutir o repasse orçamentário de R$ 212 milhões aos municípios. Segundo informou o coordenador Deputado Toninho Wandscheer (Pros), ficou definido que o valor será destinado para a vacina contra a Covid-19, que está sendo desenvolvida pela Universidade Federal do Paraná e para a Polícia Rodoviária Federal.

Wandscheer frisou que o colegiado segue unido e bem atuante. “Os deputados sabem o que querem e sabem que é preciso trabalhar para ajudar o município. Já oficializamos o repasse de R$ 10 milhões para a universidade. Desde o começo, a Bancada se mostrou favorável ao projeto. Nós apoiamos 100% a vacina paranaense”, disse o coordenador.

Trâmite
A emenda será incorporada ao Orçamento Geral da União (OGU) para 2022 e levada ao relator. “Desta forma, ano que vem vamos garantir mais recursos para atender as necessidades do nosso estado”, finaliza Wandscheer.

Informações PRPortais