Porto Meira será região turística de Foz

Região recebe elenco de obras públicas e investimentos que trazem no perfil econômico baseado na prestação de serviços ao turismo

O prefeito Chico Brasileiro disse nesta segunda-feira, 20, que os investimentos públicos e privados estão potencializando a região do Porto Meira em um grande corredor turístico de Foz do Iguaçu. “As duas das principais avenidas, tanto a General Meira quanto a Morenitas, serão um grande corredor turístico e, consequentemente, vão desenvolver a grande Porto Meira que terá um novo impulso no perfil econômico e nas atividades de prestação de serviços”.

Chico Brasileiro cita a segunda ponte e a Perimetral Leste, obras financiadas pela Itaipu Binacional, e a instalação da mega roda gigante e de novos investimentos privados que vão mudar a configuração urbana da região. Para atender essa demanda, nos planos da prefeitura, para começar ainda neste ano, está a revitalização dos quatro quilômetros da Avenida General Meira, que terá ciclovia e obras nas interseções com bairros.

“A Avenida General Meira fará parte do corredor turístico de Foz do Iguaçu porque será uma via que levará o turista até a ponte. A Ponte da Integração vai ser um cartão postal. Não servirá apenas para mobilidade, será também uma atração turística, uma ponte internacional que vai marcar o Brasil. Vai ter uma beleza cênica, uma ponte estaiada, e a população vai enxergar isso no avanço das obras”, destacou o prefeito.

Orçamento Participativo

A atenção da prefeitura, além do potencial das grandes obras de infraestrutura, se volta a atender os 50 mil moradores dos 22 bairros da região. Nesta terça-feira, 21, Brasileiro coordena, a partir das 18 horas, a primeira reunião da segunda edição do Orçamento Participativo na Paróquia Espírito Santo e Nossa Senhora Aparecida, no Ouro Verde. “O Orçamento Participativo é fundamental para as pessoas entenderem quais obras são necessárias para preparar esse novo momento que toda região vai passar”, disse o prefeito.

Os moradores do Porto Meira poderão escolher as obras que podem chegar, no conjunto, até R$ 10 milhões. Na reunião, Chico Brasileiro vai fazer uma espécie de prestação de contas da primeira edição do programa. “Algumas obras ainda não foram executadas e vou citar um exemplo. A reforma da escola Acácio Pedroso, no Profilurb, não foi feita porque o terreno não pertence ao Município. A obra está garantida, os recursos já estão em caixa, mas precisamos vencer ainda mais esta etapa burocrática”.

Novo momento

O prefeito disse ainda que a região é exemplo do novo momento que a cidade está passando entre os investimentos públicos e privados. “Os novos empreendimentos puxados pelas obras que a Itaipu está fazendo, também trazem mais recursos para a região que vai ser impactada positivamente”.

“O que a prefeitura tem haver com tudo isso? Muito, porque a prefeitura tem que estruturar a região, o empresariado entendeu o momento que Foz do Iguaçu está vivendo e está fazendo novos investimentos”, disse.

O turismo, segundo Brasileiro, é a mola mestra deste novo impulso econômico. “O turismo é uma cadeia tão grande que leva recursos para o bairro, porque a medida que o turista vem e ele se hospeda, gera emprego no hotel, no táxi, na gastronomia, em todos os setores. Essa cadeia de serviços ligados diretamente ao turismo, indiretamente leva recursos para os bairros, aumenta os empregos e as compras nos pequenos estabelecimentos”, disse.

A evolução da atividade turística impulsiona ainda novos investimentos em outras áreas. “A opção por Foz do Iguaçu é porque a cidade oferece as condições para os novos investimentos e as obras públicas, como a segunda ponta e Perimetral Leste, é a certeza mais concreta disso”.

“Todos unidos e trabalhando pelo engrandecimento da cidade. Esta vontade e dinâmica que estamos construindo e ações da prefeitura, além de colaborar com todo esse processo de planejamento, vão encontro daquilo que morador espera do poder público”, completa Brasileiro.

com informações do CabezaNews, parceiro do Busão Foz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Domingo é dia de torcer no Caldeirão Azul

O Azulão das 3 Fronteiras tem um grande duelo pela semifinal da Liga Nacional neste domingo, 21 de novembro, às 11 horas, no Ginásio Costa Cavalcanti, o Caldeirão Azul. O Foz Cataratas vai jogar diante da sua torcida e planeja conquistar um importante resultado, neste primeiro jogo, contra o Magnus.

A torcida é fundamental para esse jogo. O evento será mais uma celebração do time com os torcedores, depois de tanto tempo distantes, por conta da pandemia. Para o técnico Banana, a torcida de Foz do Iguaçu dará mais um show neste domingo. “Essa torcida é única no Brasil, é uma torcida apaixonada pelo time, é uma torcida que joga junto com o time”, elogiou Banana.

Expectativa – O ala e capitão do time, Neto, conta que o time está focado na primeira partida. “A atmosfera do grupo e a dedicação aos treinamentos farão a diferença mais uma vez. Aproveito para convidar a população de Foz do Iguaçu. Venham ao Caldeirão Azul ajudar o time. Vamos repetir a festa dos últimos jogos”

O povo de azul no ginásio – O time convida todos os torcedores a comparecem ao Ginásio Costa Cavalcanti, no domingo, com a camisa do Foz Cataratas Futsal para ajudar a equipe a obter a vitória e encaminhar a vaga para a final. Quem não tiver uma camisa do time, venha com outra camisa azul. O importante é estar com azul. Para esse jogo serão disponibilizados três mil ingressos. O serviço de bar do ginásio funcionará com a venda de água, chope e refrigerante.

Venda de ingressos – Os ingressos antecipados para a partida do domingo, 21, são vendidos exclusivamente nas lojas Leve, localizadas na Avenida Brasil, 1.079 (Leve Calçados), e Avenida Brasil, 884 (Leve Confecções). O valor antecipado é de R$ 30 (inteiro) e R$ 15 (meia-entrada).

Compras de entradas acima de R$ 50 podem ser parceladas no cartão de crédito. Os ingressos são limitados. No final de semana, o time fará a venda dos tíquetes na bilheteria do ginásio, sábado (manhã e tarde) e domingo (manhã), conforme a disponibilidade de ingressos.

Tudo sobre o Foz Cataratas Poker Futsal:
www.fozcataratasfutsal.com.br
fozcataratasfutsal@gmail.com
Whats atendimento torcedor: (45) 9137-6713

Canais nas redes sociais:
Facebook: @cataratas.futsal
lnstagram: @fozcataratas_futsal
Twitter: @Futsalcataratas

com informações do CabezaNews, parceiro do Busão Foz

Vídeo mostra panorâmica da Tríplice Fronteira, do alto da roda gigante, novo atrativo turístico de Foz. Assista!

Circula em grupos de WhatsApp um vídeo mostrando uma panorâmica em 360 graus do alto da roda gigante, mais novo atrativo turístico de Foz do Iguaçu, que fica ao lado do Marco das 3 Fronteiras.

Na peça, é possível observar o rio Paraná com a margem paraguaia ao fundo, as torres da futura Ponte Internacional da Integração que vai unir o Brasil ao país vizinho, a foz do rio Iguaçu com o rio Paraná, os marcos das fronteiras e a margem argentina ao fundo.

Na margem do Paraguai vista do alto da roda gigante a partir de Foz do Iguaçu, ao fundo, temos a cidade de Presidente Franco. No lado argentino, ao fundo, encontramos Puerto Iguazú.

Assista abaixo:

Num dos detalhes é possível observar a diferença na coloração das águas dos dois rios no ponto exato da Tríplice Fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina.

A roda gigante de Foz do Iguaçu deverá ser inaugurada ainda em novembro deste ano (AQUI para relembrar).

com informações do CabezaNews, parceiro do Busão Foz