Fozhabita fará novo Cadastro Reserva para o Residencial Angatuba

O Instituto de Habitação de Foz do Iguaçu (FOZHABITA) publicará nesta sexta-feira (04), no Diário Oficial do Município, a lista das famílias que irão concorrer a 60 vagas de Cadastro Reserva para o Residencial Angatuba, localizado na região de Três Lagoas. 

O cadastro reserva é necessário tendo em vista as desistências e desclassificações de famílias que residiriam nos apartamentos, entregues em setembro deste ano. 

Mais de 3 mil pessoas com renda familiar de até R$ 1,8 mil estão aptas concorrer as vagas e a participar do sorteio, que será realizado na próxima semana, com transmissão pelas redes sociais, em data a ser divulgada pela Prefeitura de Foz do Iguaçu. 

Todos os cadastros foram avaliados pela Caixa Econômica e o sorteio seguirá critérios, priorizando idosos, pessoas com deficiência, doentes crônicos, família monoparentais, famílias onde a mulher é a responsável pelo lar, famílias com mulheres que possuem medidas protetivas e famílias que vivem em áreas de risco.

Cada unidade do Residencial Angatuba possui dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço distribuídos em 48 metros quadrados. O residencial conta ainda com estacionamento, quiosques com churrasqueiras e quadra de areia. O investimento foi de R$ 27 milhões, financiados pelo Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) faixa 1.

Ainda no mês de dezembro, o Fozhabita fará o sorteio de apartamentos do Residencial Boicy 1 e em janeiro do Residencial Boicy 2.

3 Comments

  1. Eu tenho cadastro no foz habita…Mas até agora nada…
    Eu poderia fazer um cadastro no cohapar ou não posso por ter cadastro no foz habita??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Hospital Universitário, 82% dos leitos de UTI estão ocupados

O informe da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) emitido na noite de sábado (9) indica que dos 114 leitos da Ala Covid do Hospital Universitário (HU), 94 estavam com pacientes. Desses, 69 foram positivados para a doença, 5 negativados e 20 aguardam os resultados dos exames.

Na Ala Covid, existem 46 Unidades de Terapia Intensiva (UTI), 37 estão com pacientes. Na Enfermaria são 64 leitos, 54 estão ocupadas. Dos quatro leitos emergenciais, três estão com pacientes. Nem todos os hospitalizados são de Ponta Grossa. O HU é a unidade de referência regional da doença e recebe pacientes SUS de várias cidades. As informações são do Walter Téle Menechino – dcmais.

Na pandemia, feminicídio cresce no Paraná e 32 mulheres são mortas em 2020

Tatiana, Ana Paula e Evelaine. Cada um desses nomes representa um universo de mulheres com histórias de violência, medo e insegurança. Em comum, se tornaram vítimas de covardes em 2020 e entraram no triste número de casos de feminicídio no Paraná. Aliás, dados da Secretaria de Segurança Pública do Paraná (SESP) apontam que de janeiro até setembro do ano passado, 32 mulheres foram assassinadas. Para piorar o quadro, especialistas alertam que o número vai crescer após a pandemia do novo coronavírus.

Leia mais em Tribuna Paraná.