Foz Cataratas Poker Futsal reencontrará a torcida após 552 dias

O reencontro dos torcedores com o Azulão já tem data e hora para acontecer, será nesta sexta-feira, 17 de setembro, às 20 horas, no Ginásio Costa Cavalcanti, o Caldeirão Azul. O confronto com o Marechal marcará a estreia dos times na Liga Futsal Paraná.

O acesso ao ginásio para a torcida seguirá o Decreto Municipal nº 29.422/2021, que autoriza a presença de público em quantidade reduzida (30% da capacidade do ginásio), seguindo os cuidados de sanitização e protocolos de prevenção à covid-19 do município.

Informações e venda de ingressos  – Os ingressos estão limitados a 1.500 unidades. O valor é de R$ 20 (inteiro) e R$ 10 (meia-entrada). Os tíquetes estarão à venda exclusivamente na bilheteria do Ginásio Costa Cavalcanti, na sexta-feira, 17 de setembro, a partir das 17 horas.

Ainda de acordo com o Decreto Municipal nº 29.422/2021, é obrigatório o cumprimento dos protocolos sanitários indicados pela autoridade sanitária municipal, bem como a proibição da comercialização e consumo de alimentos e bebidas no ginásio.

É obrigatório também o uso de máscara, e todos precisam manter o distanciamento no interior do Caldeirão Azul.

Campanha no Paranaense da Série Ouro e Liga Nacional – O Foz Cataratas confirmou a primeira colocação isolada, com 38 pontos. Ao todo foram 12 vitórias, dois empates e apenas uma derrota na primeira fase do Paranaense. O Azulão espera o vencedor do confronto entre Marreco e Umuarama para saber quem enfrentará na terceira fase do campeonato.

O Foz Cataratas Poker Futsal ocupa a segunda colocação no Grupo C, atrás do líder, o Campo Mourão, apenas pelo critério técnico saldo de gols, e na classificação geral está na sétima posição.

O último compromisso do Time das 3 Fronteiras na primeira fase da Liga Nacional será no dia 10 de outubro, em casa, contra o Marechal. Para o técnico João Carlos Barbosa, o Banana, o primeiro objetivo na competição é classificar-se entre os cinco primeiros colocados.

“Temos um jogo importante contra o Marechal, onde uma combinação de resultados pode nos dar a primeira colocação do grupo. Estamos treinando para entrar nesse jogo com um alto nível de concentração, e alinhados ao conhecimento técnico de cada um vamos em busca de mais um resultado positivo em casa”, ressalta Banana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Natal de Águas e Luzes de Foz abre processo para receber propostas de decoração e iluminação

O Fundo Iguaçu, que fará a gestão do convênio entre instituição, Itaipu e Prefeitura, criará critérios de contratação, por meio de uma comissão integrada. Objetivo é dar total transparência ao projeto.

O inédito Natal de Águas e Luzes, em Foz do Iguaçu, que terá uma versão replicada no município de Ciudad del Este, na fronteira do Paraguai, abriu nessa terça-feira (21) o processo de contratação de propostas de decoração e iluminação, via e-mail e também de forma presencial.

A ideia é criar oportunidades e democratizar todo o processo, seguindo os preceitos das melhores práticas da administração pública: legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência (Limpe), conforme prevê o artigo 37 da Constituição Federal.

“Essa é uma forma de dar total transparência a um presente que Itaipu e parceiros estão dando à fronteira. Nosso Natal de Águas e Luzes pretende ser o passo inicial para a consolidação de um produto que colocará o Destino Iguaçu na vitrine de grandes roteiros natalinos”, diz o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general João Francisco Ferreira.

Para o prefeito Chico Brasileiro, mais que um evento de final de ano, o Natal de Águas e Luzes marca uma nova fase de Foz do Iguaçu. “Graças a parcerias entre a Prefeitura, Itaipu e a iniciativa privada, estamos criando mais um atrativo importante, comprovando que é viável a transformação de Foz do Iguaçu numa cidade de todos e para todos, iguaçuenses e turistas.”

Inscrições e seleção
O Fundo Iguaçu vai colocar à disposição das empresas interessadas os briefings para orçar os espaços e serviços. Serão contemplados, neste primeiro Natal modular, o Gramadão da Vila A, a Praça da Paz, a Praça do Mitre, a Avenida Brasil, o Terminal de Transporte Urbano, a Paróquia São João Batista, a entrada da cidade, a catedral Nossa Senhora de Guadalupe, o trevo do aeroporto e a Avenida Jorge Schimmelpfeng.

As propostas devem ser enviadas para o e-mail natal2021@fundoiguacu.com.br, aos cuidados de Nádia, até o próximo dia 30. Também poderão ser protocoladas na sede do Fundo Iguaçu ou ainda apresentadas presencialmente para a comissão.

O julgamento será feito seguindo critérios técnicos e de preços. Os vencedores serão conhecidos na primeira semana de outubro. De acordo com o presidente do Fundo Iguaçu, Enio Eidt, as propostas serão todas parametrizadas.

“Apesar do pouco tempo para a realização das atividades, estamos trabalhando juntamente com os parceiros, Itaipu, Prefeitura e Fundação Cultural, entre outros, para organizar e planejar bem todo o evento. Além de divulgar, dar publicidade e transparência ao processo, definiremos parâmetros para obter as melhores propostas. Do começo ao fim, teremos uma força-tarefa para acompanhar todo o projeto de Natal”, afirmou.

Novidades que encantam
Durante 35 dias, Foz do Iguaçu dividirá cores e luzes com a paraguaia Ciudad del Este, o maior shopping a céu aberto da América do Sul e meca do consumo para milhões de brasileiros. Uma das grandes novidades do novo Natal, que fará uma menção às águas que encantam nos atrativos turísticos e produzem energia na maior hidrelétrica em geração limpa e renovável do planeta, será a iluminação da Ponte da Amizade, que representa o espírito de integração da fronteira do Brasil e Paraguai, formada por várias etnias de dois povos irmãos.

Os primeiros testes de iluminação cênica no local, envolvendo equipes do Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre – DNIT, Polícia Federal, Receita Federal, Prefeitura, Itaipu e fornecedores, entre outros apoiadores, foram considerados um grande sucesso.

Festividades
Ainda em Foz, o circuito prevê uma Feira de Natal, com gastronomia e artesanato da tríplice fronteira; paradas de Natal; shows; oficinas para capacitar artesãos; e uma programação itinerante nos bairros da cidade, programada pela Prefeitura.

Há previsão de roteiros diferenciados de ônibus para os moradores e visitantes conhecerem e tirarem fotos dos pontos decorados. A programação cultural ainda está sendo definida, mas contará com autos de Natal, entre outros shows e atividades natalinas.

Secretário doa salários à saúde pública em Foz do Iguaçu

O secretário da Transparência e Governança de Foz do Iguaçu, José Elias Castro Gomes, doou nesta terça-feira, 21, a quantia de R$ 82.709,11, referentes aos salários de oito meses, à Fundação Municipal de Saúde. “Eu sou um privilegiado. Deus me abençoou com um talento para o empreendedorismo que transformei em prosperidade. Tanto que já avançou para uma área na qual, se eu não compartilhar com a sociedade o que recebi em sabedoria, conhecimento e recursos, estarei me sentindo egoísta, mesquinho e ingrato”, disse.

Castro Gomes é empresário e foi um dos primeiros secretários confirmados pelo prefeito Chico Brasileiro com a missão de agilizar todos os processos municipais e aumentar o grau de transparência em todas as decisões tomadas pela prefeitura.

Em menos de oito meses, propôs a criação de um fundo municipal de compliance, é um dos coordenadores do grupo de trabalho que vai definir o novo plano do sistema transporte coletivo e articula junto às cidades lindeiras que a nova concessão do Parque Nacional do Iguaçu venha a prever investimentos na região.

“Saúde tem pressa” – “Decidi doar para a Fundação Municipal de Saúde a quantia de R$ 82.709,11, referente a todos os pagamentos que recebi da prefeitura desde que ocupei a Secretaria da Transparência e Governança. Essa decisão foi discutida e compartilhada com a minha família, portanto não se trata de uma doação só minha, ela conta com o consentimento de minha esposa, Ana, e de meus filhos, Edu, Any e Mel”, disse Castro Gomes que entregou um cheque com o valor doado à secretária municipal de Saúde, Rosa Jeronymo, e ao presidente da fundação, Amon Mendes Franco de Sousa.

O secretário disse ainda que é preciso preparar as futuras gerações com conhecimento e senso de responsabilidade. “Sem excessos e acúmulos que as tornem apáticas e desprovidas de uma noção da importância do esforço individual e da gratificação com as próprias conquistas”.

“Esse valor ajudará a viabilizar exames, tratamentos e aquisições fundamentais para o tratamento da população. Quem tem problemas de saúde tem pressa, muita pressa. Sabemos da importância do SUS e de o quanto os recursos escassos comprometem a saúde e a recuperação das pessoas atendidas, então não temos como ficar omissos”, completou.

O presidente da Fundação Municipal de Saúde, Amon Mendes Franco de Sousa, disse que a doação é uma atitude “nobre e louvável, um ato de amor ao hospital (municipal Padre Germano Lauck) e à população. “Essa iniciativa do secretário será destinada à assistência ao usuários da fundação. Trata -se de um gesto muito louvável e agradecemos imensamente pela doação desses recursos”.