Todas as lives que acontecerão até dia 16 de maio

Separamos aqui todas as lives que acontecerão até dia 16 de maio. Em maioria de cantores sertanejos, mas também contamos com a ajuda de vocês para completar aqui. Confira a lista.

TERÇA


21/04 – Grupo Menos é Mais – 16hrs
21/04 – Raça Negra – 18hrs
21/04 – Dilsinho – 19hrs
21/04 – Sandy e Junior – 20hrs
21/04 – Nando Reis – 21hrs

QUARTA


22/04 – Belo Live – 19hrs
22/04 – Antony e Gabriel – 19hrs
22/04 – Diego Faria – 20hrs
22/04 – Bruna Viola – 20hrs
22/04 – Cleber e Cauan – 21h30

QUINTA

23/04 – Thiaguinho – 18hrs
23/04 – Carreiro e Capataz – 19hrs
23/04 – Thiago Brava – 20hrs
23/04 – Jorge Aragão – 20hrs
23/04 – Maiara e Maraisa – 20hrs

SEXTA


24/04 – Ludmilla – 18hrs
24/04 – Barões da Pisadinha – 19hrs
24/04 – Diego e Victor Hugo – 20hrs
24/04 – Simone e Simaria – 21hrs
24/04 – Felipe Araujo – 22h30hrs

SÁBADO


25/04 – Sorriso Maroto – 15hrs
25/04 – Rick e Renner – 16hrs
25/04 – Netinho de Paula – 16hrs
25/04 – Hugo e Guilherme – 17hrs
25/04 – Bell Marques – 17hrs
25/04 – Rio Negro e Solimões – 18hrs
25/04 – Gusttavo Mioto – 20hrs
25/04 – Gian e Giovani – 22hrs
25/04 – Pedro Sampaio – 22:30hrs

DOMINGO


26/04 – Diogo Nogueira – 12hrs
26/04 – Mumuzinho – 16hrs
26/04 – Luan Santana – 18hrs
26/04 – Léo Chaves – 19hrs

TERÇA


28/04 – Israel Novaes – 20hrs
28/04 – Jeito Moquele – 20hrs

QUARTA


29/04 – Marcos e Belutti – 20hrs

QUINTA

30/04 – Jefferson Moraes – 18hrs
30/04 – Diego e Arnaldo – 19hrs
30/04 – Calcinha preta – 20hrs
30/04 – Chitãozinho e Xororó – 20hrs
30/04 – Matheus e Kauan – 21hrs

SEXTA

01/05 – Thaeme e Thiago – 14hrs
01/05 – Cabaré Live – 20hrs
01/05 – Encontro de Fenômenos – 21hrs

SÁBADO

02/05 – Jorge e Mateus – 17hrs
02/05 – Xande Avião – 20hrs
02/05 – Gino e Geno – 20hrs
02/05 – Maria Cecília e Rodolfo – 21h30

DOMINGO

03/05 – Guilherme e Santiago – 14hrs
03/05 – Festival Samba Live – 14hrs
03/05 – Bruninho e Davi – 16hrs
03/05 – Villa Mix Live – Não divulgado

QUARTA

06/05 – Conrado e Alexsandro – 21hrs

QUINTA

07/05 – Lucas Lucco – 20hrs

SÁBADO

09/05 – Marília Mendonça – 20hrs

DOMINGO

10/05 – Zé Felipe e Leonardo – 17hrs
10/05 – João Neto e Frederico – 18hrs

SEXTA

15/05 – Léo Magalhães – 20hrs
15/05 – Eduardo Costa – 21hrs

SÁBADO

16/05 – Bruno e Marrone 2 – 21hrs

Brasil é o 3º país que mais consome cerveja no mundo

A startup espanhola Cabify anunciou nesta sexta-feira (23) que irá encerrar sua operação no Brasil a partir do próximo dia 14 de junho. Em comunicado, a empresa diz que a persistência da pandemia do novo coronavírus no País dificulta a criação de valor dos seus serviços de carona compartilhada, dependente da mobilidade urbana, e por decisão de rentabilidade tomou a decisão de sair do Brasil.

“Todos os motoristas parceiros, passageiros e empresas que utilizam seus serviços no País foram devidamente informados e a Cabify tem transmitido sua gratidão pela confiança depositada na empresa nos últimos 5 anos, desde sua chegada ao Brasil em 2016. A empresa continuará atenta às necessidades e oportunidades futuras de mobilidade neste mercado”, fala a startup, em nota.

Fundada em 2011, em Madri, a Cabify expandiu, alguns meses depois, para a América Latina e atualmente está presente na Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Espanha, México, Peru e Uruguai.

No Brasil, a startup viu um mercado altamente competitivo, que conta com a Uber e a 99 como as principais operadoras de serviços de carona compartilhada.

via redação Busão Curitiba

Estados e municípios poderão utilizar saldos de fundos de saúde

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei complementar que estende até o fim de 2021 a autorização concedida a estados, Distrito Federal e municípios a utilizarem, em serviços de saúde, “saldos financeiros remanescentes de repasses do Ministério da Saúde referentes a exercícios anteriores destinados aos fundos de saúde”.

Em nota divulgada pelo Ministério da Economia, o governo informa que a medida estabelece, também, a prorrogação do prazo para que os entes federativos que estiverem em Regime de Recuperação Fiscal possam refinanciar as suas dívidas junto à União em condições mais benéficas.

“A norma, portanto, prorroga o prazo para que seja permitida a transposição, a transferência e a reprogramação dos saldos financeiros dos Fundos de Saúde e de Assistência Social dos estados, do Distrito Federal e dos municípios durante o exercício financeiro de 2021, levando em consideração a continuação dos efeitos da pandemia de Covid-19”, acrescenta.

Já o prazo para refinanciamento de dívidas dos entes federados, com vistas ao reequilíbrio fiscal, foi estendido até o final do exercício financeiro de 2021. “Em termos fiscais, a iniciativa não cria ou altera despesas primárias na esfera federal, pois as transferências de recursos da União aos demais entes ocorreram até o ano de 2020. Desse modo, não há impacto no atingimento da meta de resultado primário proposto para o Governo Federal em 2021 (…) nem no cumprimento do teto de despesas primárias para 2021 do Poder Executivo federal”, complementa a nota.