Secretaria de Saúde de Foz do Iguaçu abre agendamento para vacinação contra influenza

Campanha inicia na próxima segunda-feira (12); as doses serão aplicadas em 19 Unidades Básicas de Saúde (UBS)

Está disponível a partir da tarde deste sábado (10) o agendamento on-line para a vacinação contra a influenza. A Secretaria Municipal de Saúde inicia na segunda-feira (12) a aplicação das doses da primeira etapa, destinada a crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (mulheres em período pós parto de até 45 dias), povos indígenas e trabalhadores da saúde.

O agendamento pode ser feito pelo link (bit.ly/vacinainfluenzaFoz) ou na Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima. No site, é possível verificar a quantidade de vagas disponíveis em cada unidade e agendar data e horário de preferência. A vacinação será feita nas 19 UBS que não estão atendendo casos de Covid-19.

“É fundamental que o público-alvo desta primeira etapa faça o agendamento e compareça aos postos de saúde para tomar a vacina. A gripe é uma doença que exige prevenção e, especialmente neste momento da pandemia de covid-19, os cuidados devem ainda maiores”, afirmou a secretária municipal de Saúde, Rosa Jeronymo.

O Município seguirá o cronograma de vacinação definido pelo Governo do Estado, de forma escalonada, em três etapas. Na segunda fase, de 11 de maio a 8 de junho, a vacinação abrangerá idosos a partir de 60 anos e professores das escolas públicas e privadas.

Na terceira etapa, de 9 de junho e 9 de julho, estão: pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privadas de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.

com informações do CabezaNews, parceiro do Busão Foz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esquadrilha da Fumaça sobrevoa Itaipu nos 47 anos da empresa

Novas apresentações poderão ocorrer entre hoje (dia 12) e amanhã (13), se as condições climáticas permitirem

Sete aviões modelo Tucano da Esquadrilha da Fumaça sobrevoaram a usina de Itaipu no início da tarde desta quarta-feira (12). A apresentação faz parte das comemorações do aniversário de 47 anos da empresa. Estão previstos outros voos ainda nesta tarde de quarta-feira e amanhã (quinta-feira, 13), em horário a ser definido.

A primeira apresentação deveria ter ocorrido ontem (terça-feira, 12), mas foi cancelada por causa do mau tempo. Além da Itaipu, os aviões passaram sobre a Ponte da Amizade, as Cataratas do Iguaçu e o Marco das Três Fronteiras.

Em função da pandemia e das medidas de distanciamento social, não houve nem haverá solenidade e não será permitido assistir à apresentação ao vivo, para que não haja aglomerações. A demonstração será filmada e divulgada posteriormente nos perfis da Itaipu nas redes sociais e no canal de Itaipu no Youtube.

O sobrevoo sobre a usina de Itaipu foi uma bem-vinda coincidência de agenda: a Esquadrilha da Fumaça está aproveitando um treinamento pré-agendado para homenagear a empresa pelo seu aniversário. Os 47 anos da Itaipu Binacional serão completados na próxima segunda-feira (17).

Órgãos de controle do espaço aéreo paraguaio e argentino concederam autorizações especiais para que os aviões possam sobrevoar a região.

com informações do CabezaNews, parceiro do Busão Foz

Em Foz do Iguaçu, 617 gestantes receberam a primeira dose da AstraZeneca suspensa pela Anvisa

Governo do Estado orienta a suspensão da vacina AstraZeneca em gestantes, Foz do Iguaçu segue a determinação e monitora as mais de 600 gestantes que receberam a vacina

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) emitiu na terça-feira (11) uma nota oficial aos municípios determinando a suspensão temporária da vacinação da AstraZeneca/Fiocruz para as gestantes, conforme recente posicionamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), até novo entendimento.

A Sesa ressalta ainda que a bula do imunizante também deve ser seguida, especialmente com a devida avaliação e acompanhamento médico. A Secretaria também orientou os municípios a monitorar as gestantes que já foram vacinadas.

Em Foz do Iguaçu, 617 gestantes foram vacinadas e estão sendo acompanhadas pelas equipes das unidades de saúde. Não há relato de eventos adversos graves neste grupo após a aplicação da vacina.

A Anvisa afirmou, em nota, que a decisão de propor a “suspensão imediata” do uso da vacina da AstraZeneca em grávidas foi tomada após uma gestante e o feto que carregava morrerem dias após a vacinação.

A Anvisa fala em “evento adverso” e não em “efeito adverso”. Ou seja, não há, ao menos até o momento, confirmação de nexo causal entre a vacina e o caso da gestante, acometida com um acidente vascular cerebral.

A recomendação foi enviada pela Anvisa ao Ministério da Saúde na segunda-feira (10) e levou diversos estados a suspenderem preventivamente o uso do imunizante em gestantes.

com informações do CabezaNews, parceiro do Busão Foz