Saúde divulga notas da seleção de médicos residentes em Foz do Iguaçu

A Secretaria Municipal de Saúde de Foz do Iguaçu disponibilizou nesta segunda-feira, 8, as notas da prova da segunda fase da seleção para o programa de residência médica. “A prova teórica foi aplicada no final de janeiro e agora estamos divulgamos a nota dos candidatos que participaram da fase de análise curricular e entrevista”, disse a secretária Rosa Jeronymo.

A seleção foi realizada em duas etapas pela Diretoria de Residência Médica: prova de suficiência teórica, entrevista e análise curricular. Foram 85 inscritos, 65 deles participaram das duas fases da seleção. O resultado final e a convocação da seleção será publicada na quinta-feira, 11.

A presidente da comissão, Luz Marilda Cardona, especificou as vagas oferecidas: Cirurgia Geral (02), Clínica Médica (10), Medicina em Família e Comunidade (04), Ortopedia e Traumatologia (02), Pediatria (02) e Psiquiatria (03). “Os aprovados terão bolsa/remuneração, o valor da bolsa do governo federal é de R$ R$ 3.343,53 para 60 horas semanais”.

Cada programa de residência médica tem um coordenador, um supervisor e um total de 14 preceptores. A Comissão de Residência Médica (Coreme) da Prefeitura de Foz do Iguaçu conta atualmente com 93 profissionais à disposição, para ensinar aqueles que estão ingressando na medicina.

Luz Marilda destaca a importância dos residentes na saúde pública municipal. “A residência médica garante ao profissional uma experiência mais completa, ajuda a melhorar o sistema de saúde pública e a qualidade de vida da população que atende. Hoje, por exemplo, 100% do atendimento realizado na ortopedia do Hospital Municipal Padre Germano Lauck é feito por residentes”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Projeto de lei quer incluir direitos dos animais no currículo escolar

“Prevenir os maus-tratos e respeitar os direitos dos animais pode vir a ser tarefa escolar. Essa é a proposta do projeto de lei que estou apresentando na Assembleia Legislativa do Paraná”, disse o deputado estadual Cobra Repórter (PSD) nesta quarta-feira (03). O projeto de lei pede a inclusão de conteúdos relativos a direitos dos animais e formas de proteção destes direitos nas escolas públicas e privadas do Estado do Paraná.

“A ideia é que as aulas sobre esses temas sejam norteadas pelo respeito ao meio ambiente, à fauna, à flora e à biodiversidade. Na minha opinião, a falta de informação é um dos responsáveis pelo sofrimento dos animais. Nada mais prudente que educar nossas crianças para que sejam mais conscientes. Ações educativas ajudam a diminuir os problemas relacionados à falta de informação a meu ver”, explicou o deputado.

De acordo com o texto do projeto, a inclusão de conteúdo sobre proteção e direito dos animais no currículo das escolas se baseia no seguinte: todo o animal possui direitos; o desconhecimento e o desprezo desses direitos têm levado e continuam a levar o homem a cometer crimes contra os animais e contra a natureza; a educação deve ensinar desde a infância a observar, a compreender, a respeitar e a amar os animais.

O deputado estadual Cobra Repórter é autor da Lei Estadual nº 19.472/2018, que institui o Julho Dourado. O objetivo da lei é realizar ações e motivar a população para que reflita sobre o bem-estar dos animais de rua e animais domésticos de estimação (pets).

Paraná recebe mais 146,8 mil doses da vacina contra a Covid-19

O Paraná recebeu mais 146,8 mil doses da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, de São Paulo. O novo lote chegou ao estado na manhã desta quarta-feira (3).

Até terça-feira (2), 317.461 pessoas haviam sido imunizadas no Paraná, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Destas, 112.820 receberam duas doses do imunizante.

Com o novo lote, até agora, o Paraná recebeu 853 mil doses de vacinas contra a Covid-19 do Ministério da Saúde. Atualmente, as unidades enviadas são da CoronaVac/Butantan e Oxford/AstraZeneca.

Leia mais no G1