Modelo cívico-militar é aprovado em 17 escolas da região e rejeitado em duas

Governo do estado realizou na semana passada uma consulta pública para saber a opinião da comunidade escolar sobre o novo modelo

Após anunciar a adesão do Paraná à implantação de escolas cívico-militares, o governo do estado realizou na semana passada uma consulta pública para saber a opinião da comunidade escolar sobre a mudança no modelo de ensino praticado nestas instituições. Na região, pais e alunos foram favoráveis ao novo sistema em 17 instituições, já em outras duas a ideia foi reprovada

No Norte Pioneiro, em cinco escolas do Núcleo Regional de Educação de Cornélio Procópio a aceitação pela introdução do novo modelo foi bem aceita por aqueles que participaram da votação. Assim, devem se tornar colégios cívico-militares as o Colégio Estadual Milon Medeiros, em Bandeirantes, o Colégio Estadual Seugling e Colégio Estadual Monteiro Lobato, ambas em Cornélio Procópio, o Colégio Estadual João XXIII em São Jerônimo da Serra e o Colégio João Turin em São Sebastião da Amoreira.

Já no Núcleo Regional de Jacarezinho, o novo modelo foi aprovado pelos pais que votaram na Escola Estadual José Pavan, em Jacarezinho, no Colégio Estadual Angelina Ricci, em Cambará, na Escola Estadual Hercília de Paula e Silva, em Carlópolis, na Escola Estadual Dr. João da Rocha Chueiri, em Ribeirão Claro, na Escola Estadual Merinez Corrêa, em Ribeirão do Pinhal e no Colégio Estadual Dona Moralina Eleutério em Santo Antônio da Platina.

Leia mais em Folha Extra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Construtora JL abre vagas de trabalho em Foz; Confira as oportunidades

A Construtora JL, vencedora da licitação das obras da Perimetral Leste, iniciou o recrutamento dos trabalhadores que irão iniciar as obras. A data do início ainda não foi divulgada.

A seleção está à cargo da Agência do Trabalhador de Foz do Iguaçu que divulgou nesta segunda (21), a relação dos profissionais requisitados. No início serão contratados pedreiros, carpinteiros, eletricistas, operadoras de máquinas e outros.

A empresa vencedora da licitação é a JL Construtora, a mesma que edificou e está operando o Shopping JL em Foz do Iguaçu. A Perimetral ligará a futura Ponte da Integração com BR-277, desviado o tráfego pesado do centro da cidade.

A empresa já assinou os contratos, elaborou o projeto executivo e recebeu a ordem de serviço. O passo seguinte – da contratação de funcionários – foi dado nesta segunda.

A nova rodovia deve iniciar na BR-277, na região do acesso aos presídios, margeia a região do Morumbi, cruzando as Avenidas Mário Filho, República Argentina e Felipe Wandscheer, chegando até a Rodovia das Cataratas, que também será duplicada.

A JL Construtora também é responsável pela construção das aduanas Brasil/Paraguai e Argentina, unidades da Receita e da Polícia Federal.

Veja as vagas que estão disponíveis

  • Servente
  • Pedreiro
  • Operador de trator esteira
  • Operador de escavadeira hidráulica
  • Operador de retroescavadeira
  • Motorista de caminhão basculante
  • Operador de motoniveladora
  • Operador de rolo
  • Greidista.
  • Laboratorista ou auxiliar de laboratório de solos e/ou concreto)
  • Encarregado de laboratório
  • Técnico de meio ambiente
  • Auxiliar administrativo


*Os interessados devem enviar o currículo para paulo.brum@planaterra.com.br

via Cabeza News

Tarifas de pedágio da concessionária Caminhos do Paraná têm reajuste de 7,39% a partir desta terça-feira (22)

A concessionária Caminhos do Paraná anunciou, nesta segunda-feira (21), que as tarifas de pedágio nas cinco praças que administra terão aumento de preço a partir da meia-noite de terça-feira (22).

O reajuste aplicado será de 7,39%, nas praças de pedágio da Lapa, na Região Metropolitana de Curitiba, de Imbituva, Prudentópolis e Irati, na região central do estado, e Porto Amazonas, nos Campos Gerais.

A concessionária destacou que a mudança nos valores é referente ao reajuste anual das tarifas, que é previsto em uma cláusula do contrato de concessão.

Ainda conforme a Caminhos do Paraná, o reajuste deveria ter entrado em vigor no dia 1º de dezembro, mas foi barrado por uma decisão da Agência Reguladora do Paraná (Agepar). A medida da agência foi derrubada pela 1ª Vara da Justiça Federal do Paraná.

Veja, abaixo, os novos valores:

 

Caminhos do Paraná divulgou novos valores de pedágio nas cinco praças que administra, com o reajuste — Foto: Divulgação/Caminhos do Paraná

Caminhos do Paraná divulgou novos valores de pedágio nas cinco praças que administra, com o reajuste — Foto: Divulgação/Caminhos do Paraná

Via G1