Hamburgueria inspirada na série The Big Bang Theory chega à Curitiba

Bazinga!! Os burgers inspirados no seriado mais divertido da televisão são a aposta do The Big Bang Burger que acaba de inaugurar em Curitiba. Com atendimento exclusivo no formato delivery, a hamburgeria começou a operar com uma promoção super especial: 2X1. Pediu um Young Sheldon Burger leva outro igual por apenas R$ 12,90. A taxa de entrega também está com valor promocional no mês da inauguração, por apenas R$ 10.

Todas as receitas dos burgers, shakes e sobremesa foram inspiradas no cardápio da semana da série The Big Bang Theory. São seis burgers servidos no pão francês bem crocante, sendo uma opção vegetariana – o Stuart Veg Burger. Com inspiração chinesa – cardápio de segunda-feira – chama atenção o Rajesh Burger que leva peito de frango no cássico molho xadrez. Outra opção é o Leonard Pepperoni Burger que fez a clássica pizza de pepperoni do seriado ir parar dentro do pão crocante.

São três sabores de milkshakes com valor único de R$ 12,90 cada. Tem o Amy Strawberry, Bernadette Vanilla e o Prof. Prócton Chocolate Shake. Para quem não dispensa a sobremesa, pode pedir o Penny Penny Penny Cheesecake, servido com calda de morango (R$ 16,90). O cardápio conta ainda com outras opções de bebidas, como refris, água e cerveja. É tudo tão gostoso e prático que nem a mãe do Leonard vai colocar defeito!

O atendimento do The Big Bang Burger é das 11h30 às 22h, todos os dias. Os pedidos devem ser feitos pelo WhatsApp: (41) 3402-4265

Mais informações:

Pedidos: api.whatsapp.com/send?phone=554134024265

Instagram: @bigbangburger.br

Bairros atendidos pelo delivery: Abranches, Água Verde, Ahú, Alto da Glória, Alto da XV, Bacacheri, Bairro Alto, Barreirinha, Batel, Bigorrilho, Boa Vista, Bom Retiro, Cabral, Cachoeira, Cajuru, Campina do Siqueira, Campo Comprido, Capão da Imbuia, Cascatinha, Centro, Centro Cívico, Cristo Rei, Fanny, Guabirotuba, Guaíra, Hauer, Hugo Lange, Jardim Botânico, Jardim Social, Jardim das Américas, Juvevê, Lindóia, Mercês, Mossungue, Parolin, Pilarzinho, Portão, Prado Velho, Rebouças, Santa Cândida, Santa Felicidade, Santa Quitéria, Santo Inácio, São Braz, São Francisco, São João, São Lourenço, Seminário, Taboão, Tarumã, Tingui, Vila Izabel, Vista Alegre, Uberaba

Paraná receberá mais 242.050 doses de vacinas contra a Covid-19

A quantidade de pessoas vacinadas contra a covid-19 com ao menos a primeira dose no Brasil chegou a 20.828.398 nesta terça-feira (6) segundo dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa. O número representa 9,84% do total da população brasileira. Nas últimas 24 horas, 805.266 pessoas receberam a primeira dose.

Entre os 20,8 milhões, 5.881.392 pessoas receberam a segunda dose, o que representa 2,78% da população com a imunização completa. Nas últimas 24 horas, 285.463 pessoas receberam essa dose de reforço. Somadas as primeiras e segundas doses, o Brasil aplicou no último dia 1.090.729 doses, segundo dados fornecidos por 25 Estados.

Em termos proporcionais, o Mato Grosso do Sul é o Estado que mais vacinou sua população até aqui: 13,22% dos habitantes receberam ao menos a primeira dose. A porcentagem mais baixa é encontrada no Acre, onde 5,56% receberam a vacina. Em números absolutos, o maior número de vacinados com a primeira dose está em São Paulo (5 milhões), seguido por Minas (1,95 milhão) e Bahia (1,76 milhão).

Veja os dados de vacinação por Estado

UF

Número de vacinados com ao menos a primeira dose

Proporção de vacinados com a primeira dose em relação ao total da população local

TOTAL 20.828.398 9,84%

MS 371.351 13,22%

BA 1.766.534 11,83%

RS 1.330.725 11,65%

PB 446.398 11,05%

SP 5.092.198 11,00%

AM 449.622 10,69%

CE 975.739 10,62%

PR 1.214.126 10,54%

DF 313.763 10,27%

ES 401.045 9,87%

PE 943.558 9,81%

SC 705.716 9,73%

RN 343.261 9,71%

MG 1.954.909 9,18%

PI 298.061 9,08%

SE 209.609 9,04%

AL 294.589 8,79%

RJ 1.416.278 8,16%

PA 691.348 7,95%

GO 550.918 7,74%

RR 47.185 7,48%

TO 109.025 6,86%

RO 119.938 6,68%

AP 56.522 6,56%

MA 464.433 6,53%

MT 211.818 6,01%

AC 49.729 5,56%

via redação Busão Curitiba

Paraná ultrapassa 18 mil óbitos em decorrência do coronavírus

As pequenas e microempresas paranaenses dos segmentos mais afetados pela pandemia receberão um auxílio emergencial do Governo do Estado. O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (6) pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior em um encontro com deputados estaduais, chefes de outros Poderes e representantes do setor produtivo. As iniciativas tramitarão na Assembleia Legislativa.

No total, 86,7 mil empresas terão direito a um o socorro de R$ 59,6 milhões, com recursos provenientes do Fundo Estadual de Combate à Pobreza do Paraná (Fecoop). Pequenas empresas cadastradas no Simples Nacional em quatro segmentos receberão R$ 1.000. Já os microempreendedores individuais (MEIs) de seis setores terão direito a R$ 500. 

Serão quatro parcelas de R$ 250 para pequenas e microempresas paranaenses optantes do Simples Nacional com Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) de Transporte de Passageiros (como vans escolares e ônibus de turismo), de Confecções de Vestuário e Calçados (lojas de roupas, calçados e outros itens de vestuário), de Bares, Lanchonetes e Restaurantes e similares, e Aluguel de Equipamentos Recreativos e Esportivos.

Para receber o auxílio, é preciso ter inscrição estadual ativa e comprovar faturamento ou declaração no PGDAS-D no valor de até R$ 360 mil durante o ano de 2020.  Em todo o Paraná, 32.697 empresas podem se enquadram nesses requisitos necessários e solicitar o auxílio, segundo estimativas da Secretaria de Estado da Fazenda. O investimento será de R$ 32,6 milhões.

Já os MEIs dos segmentos de Bares, Lanchonetes e Restaurantes, Produtores de Eventos, Agentes de Viagem e Operadores Turísticos, Atividades de Sonorização e Iluminação, Casas de Eventos, Empresas de Filmagens de Eventos e Produtores de Teatro receberão duas parcelas de R$ 250. Em todo o Estado, 54 mil microempreendedores podem fazer parte deste recorte. O investimento será de R$ 27 milhões.

CRÉDITO 

O projeto de lei também prorroga por 120 dias a validade das Certidões Negativas de Débitos Tributários e de Dívida Ativa Estadual e das Certidões Positivas com Efeitos de Negativa de Regularidade de Débitos Tributários e de Dívida Ativa Estadual, bem como a consulta ao Cadastro Informativo Estadual (Cadin), para fins de operações de crédito realizadas com instituições financeiras públicas no âmbito do Estado do Paraná.

Como medida auxiliar no crédito, cerca de 40 mil empresários que têm financiamentos ativos na Fomento Paraná terão as parcelas congeladas por seis meses.

ICMS 

Também será publicado um decreto que prorroga o prazo de pagamento da parcela estadual do ICMS devido por estabelecimentos optantes do Simples Nacional. A medida, elaborada pela Secretaria da Fazenda e Receita Estadual, pode beneficiar até 226 mil pequenas empresas ativas no Paraná. 

O texto estipula que os pagamentos referentes aos meses de março, abril e maio de 2021 terão vencimento em 30 de junho, 30 de julho e 31 de agosto, respectivamente. Assim, portanto, os pequenos empresários ganham três meses de folga nas contas. 

Outro decreto proporciona às empresas paranaenses o parcelamento do ICMS devido a título de substituição tributária (GIA-ST), em até seis parcelas mensais, no caso de fatos geradores ocorridos até abril de 2021. A medida vale para empresas inscritas ou não em dívida ativa, e o benefício pode ser requerido até o dia 30 de junho.

COOPERA 

Outra medida anunciada nesta terça-feira foi um novo edital de R$ 31,5 milhões para o Coopera Paraná. O Programa de Apoio ao Cooperativismo da Agricultura Familiar do Paraná (Coopera Paraná) é uma ação governamental com o objetivo de fortalecer as organizações cooperativas como instrumentos para melhorar a competitividade e a renda dos agricultores familiares.

via redação Busão Curitiba