Expedição do conhecimento pode ser visitada no Ecomuseu a partir de hoje, quinta-feira (26)

O Ecomuseu de Itaipu recebe, nesta quinta-feira (26), um novo atrativo: o caminhão da Expedição do Conhecimento, uma estrutura itinerante que traz atividades interativas de educação ambiental sobre os temas “água”, “energia” e “sustentabilidade”. O caminhão fica no Ecomuseu por uma semana, até 2 de dezembro. A próxima exibição será somente em fevereiro de 2021. A iniciativa é da Itaipu Binacional em parceria com o Parque Tecnológico Itaipu (PTI).

A Expedição do Conhecimento foi lançada em fevereiro deste ano, durante o Show Rural Coopavel, em Cascavel. O objetivo do projeto é levar ciência e educação ambiental aos municípios na região de influência da Itaipu. No início do ano, Itaipu e PTI se reuniram com representantes dos municípios do Oeste do Paraná para planejar a programação e definir as contrapartidas das prefeituras, mas, por conta da pandemia da covid-19, o projeto foi adiado.

No Ecomuseu, serão mais de 20 atividades de educação ambiental, oferecidas em um caminhão-baú de 15 metros de extensão, além das tendas de apoio. Cada sessão tem capacidade para dez pessoas. A visita é feita respeitando todos os protocolos de segurança sanitária contra a disseminação do novo coronavírus.

O passeio começa com um panorama sobre todas as formas de energia, desde o Sistema Solar até a energia das células humanas. O visitante também tem contato com um telescópio solar, uma maquete demonstrando como funciona uma casa sustentável e jogos interativos. Na parte interna do caminhão-baú, estão informações sobre biomas, rios voadores, o ciclo da água e a importância do Sol como fonte primária de energia.

Em um dos pontos do circuito, o visitante aprende como é possível gerar energia limpa e iluminar uma cidade, pedalando numa bicicleta. Óculos de realidade virtual também levam o público a uma imersão na Mata Atlântica, um dos biomas brasileiros. Todo o roteiro foi planejado com acessibilidade visando a inclusão, com elevador e piso tátil.

O Ecomuseu está aberto de terça a domingo, das 10h às 18h. Moradores dos municípios da região binacional e lindeiros ao Lago de Itaipu têm isenção no ingresso para o passeio no Ecomuseu, que fica na Avenida Tancredo Neves, 6702, Jardim Itaipu, em Foz do Iguaçu (PR).

Para mais informações e reservas, entrar em contato com (45) 3576-7000 ou info@turismoitaipu.com.br. O site é www.turismoitaipu.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Hospital Universitário, 82% dos leitos de UTI estão ocupados

O informe da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) emitido na noite de sábado (9) indica que dos 114 leitos da Ala Covid do Hospital Universitário (HU), 94 estavam com pacientes. Desses, 69 foram positivados para a doença, 5 negativados e 20 aguardam os resultados dos exames.

Na Ala Covid, existem 46 Unidades de Terapia Intensiva (UTI), 37 estão com pacientes. Na Enfermaria são 64 leitos, 54 estão ocupadas. Dos quatro leitos emergenciais, três estão com pacientes. Nem todos os hospitalizados são de Ponta Grossa. O HU é a unidade de referência regional da doença e recebe pacientes SUS de várias cidades. As informações são do Walter Téle Menechino – dcmais.

Na pandemia, feminicídio cresce no Paraná e 32 mulheres são mortas em 2020

Tatiana, Ana Paula e Evelaine. Cada um desses nomes representa um universo de mulheres com histórias de violência, medo e insegurança. Em comum, se tornaram vítimas de covardes em 2020 e entraram no triste número de casos de feminicídio no Paraná. Aliás, dados da Secretaria de Segurança Pública do Paraná (SESP) apontam que de janeiro até setembro do ano passado, 32 mulheres foram assassinadas. Para piorar o quadro, especialistas alertam que o número vai crescer após a pandemia do novo coronavírus.

Leia mais em Tribuna Paraná.