Mais de 3,7 mil cidades não têm data para retorno de aulas presenciais

Pesquisa aponta que um total de 3.742 prefeituras não têm data prevista para retorno das aulas presenciais em suas redes municipais de ensino. O levantamento foi feito em setembro pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), que consultou 3.988 governos locais, uma amostra de 71,6% do país, que possui 5.570 municípios. Nos territórios que responderam à sondagem, vivem 14,6 milhões de alunos atendidos por redes municipais de ensino, que representam 63,3% das matrículas nesse segmento no país. 

Na avaliação da entidade, a falta de uma data de retorno não significa uma “posição omissa” dos prefeitos. “Ao contrário, decidir pela não retomada das aulas indica uma postura responsável e cautelosa do gestor. A situação não pode ser simplificada, a pandemia já representa prejuízo à aprendizagem dos alunos e da educação como um todo, mas a pergunta sobre quando retornar essas atividades precisa ser respondida com responsabilidade, pois é inegável a preocupação com a retomada das aulas por conta da disseminação do vírus”, diz o relatório da pesquisa.

Dos municípios consultados, apenas 197 (4,9% da amostra) informaram uma data de reabertura das escolas já marcada, mas a própria CNM pondera que “a realidade tem mostrado, especialmente em nível estadual, que as previsões iniciais não têm se confirmado e o retorno tem sido adiado, a exemplo do que ocorreu no Maranhão, Rio Grande do Norte, Acre, Piauí e Distrito Federal”. O principal fator para o não cumprimento das previsões, na percepção da entidade, é a judicialização da volta às aulas em todo o país, com cobranças de medidas para proibir o retorno das atividades presenciais nas escolas. “O entendimento é balizado pelo risco de aumento de contaminação da covid-19, em razão da exposição de milhares de estudantes e professores, o que pode colocar a população em potenciais situações de contágio”, diz a CNM.

A pesquisa aponta que os municípios vem oferecendo algum tipo de atividade pedagógica não presencial. Na maioria esmagadora dos casos, estão sendo distribuídos material impresso, alternativa adotada por 3.818 prefeituras (98,2% do total consultado), seguidos da oferta aulas por meio digitais, adotada por 3.152 gestores (81,1%). Somente 6,5% dos municípios ouvidos (254) realizam aulas por meio de TV e outros 3,5% (136), por meio de rádio. Um total de 3.360 municípios (86,4% da amostra) usam aplicativos de mensagem instantânea para o envio dos materiais e atividades escolares. O levantamento também indicou que em 70,6% dos municípios consultados os professores receberam ou recebem algum tipo de capacitação para o ensino remoto.

Planos de retorno

Apesar da maioria ainda não ter data de retorno presencial das aulas, pouco mais de 70% dos municípios que responderam a pesquisa da CNM, ou seja, 2.811 prefeituras, informaram ter os planos de retomada elaborados ou em fase de elaboração. Já outras 1.105 prefeituras (27,7% da amostra) ainda não possuem planos de contingência construídos. Segundo a CNM, isso se deve à complexidade do processo de articulação federativa e a definição dos protocolos. “Cabe salientar que o Ministério da Educação (MEC) publicou, somente em 7 de outubro, o Guia de Implementação de Protocolos de Retorno das Atividades Presenciais,  com informações acerca do planejamento que pode ser desenvolvido nas redes municipais e estaduais de ensino do país para o retorno das aulas presenciais”, observa a entidade.

Do total de municípios que informaram possuir planos de contingência, o retorno gradual às aulas (74,7%) e o sistema de rodízio (70,5%) estão entre as medidas que aparecem com maior frequência a serem adotadas para a retomada das aulas presenciais. Na prática, salienta da CNM, mesmo quando definida uma data de retorno, nem todos os grupos de alunos retornarão ao mesmo tempo para a sala de aula, para permitir maior distanciamento social. Cerca de 2,2 mil municípios (78,2% da amostra) definiram o ensino híbrido como estratégia para garantir o ano letivo e recuperar os possíveis déficits de aprendizagem ocasionados pela pandemia.

A grande maioria dos municípios consultados também informou que está desenvolvendo ações para melhorar e adaptar a infraestrutura das escolas, e adquirindo equipamentos de proteção individual (EPI) e demais materiais de segurança sanitária e higiene.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ponte da Amizade contará com plataforma térmica para controle migratório

A Direção Geral de Migração do Paraguai, em Ciudad del Este, recebeu a doação de uma plataforma de imagem térmica da empresa de telecomunicações Huawei, no âmbito das suas ações de compromisso social.

O equipamento consiste em uma plataforma de imagem térmica que será usada no posto de controle de imigração da Ponte Internacional da Amizade, no contexto da pandemia de Covid-19. Esta ferramenta proporcionará maior segurança em matéria de saúde, especialmente aos fiscais de imigração encarregados de controlar e registrar a entrada de pessoas no território nacional.

É importante lembrar que a passagem de fronteira entre Ciudad del Este e Foz do Iguaçu foi reaberta no dia 15 de outubro, após sete meses de fechamento total, como medida para evitar a propagação do coronavírus.

A passagem de brasileiros não residentes no Paraguai é permitida somente através de veículos, no período das 5h às 14h, podendo permanecer até 24h no território paraguaio. O retorno ao Brasil é permitido a qualquer horário.

Miss Brasil se preparara para embarcar em busca da coroa na Albânia.

Thawany Faria embarca no dia 29, no aeroporto de Foz do Iguaçu, rumo a Tirana/Albânia, onde será realizado o concurso The Miss Globe World – Beauty Pageant 2020.

Na próxima quinta, dia 29, a partir das 08h, a   Miss Brasil Globo, Thawany Faria vai estar presente no aeroporto de Foz do Iguaçu, fazendo sua despedida rumo ao The Miss Globe. Durante o evento no aeroporto, a Miss Brasil vai receber a imprensa, amigos, familiares, patrocinadores e admiradores, que acompanham todos os concursos vitoriosos que ela participou, desde 2019 que são: o primeiro foi o Miss Foz do Iguaçu, em outubro de 2019, depois o Miss Paraná e por último o Miss Globo.

A representante do Brasil está indo para Tirana/Albânia onde  disputa o título The Miss Globe World – Beauty Pageant 2020. Ela será acompanhada por Danilo D´Ávila, empresário que a décadas mercado promove, valoriza e projeta o Brasil em eventos internacionais. Em Foz do Iguaçu, o suporte e toda organização dos eventos que envolvem o título, é da empresa Certames de Beleza, do publicitário Marco Freire. Na bagagem – A miss Globo Thawany Faria vem se preparando para participar do concurso mundial desde o dia que recebeu o título de uma das mulheres mais linda do Brasil. Na bagagem para Albânia, Thawany leva um belíssimo portfólio criado pelas empresas Foz em Destaque, Vision Art e o fotógrafo Alexandre Marchetti. São vídeos e fotos com imagens das Sete Maravilha da natureza, as Cataratas e da cidade de Foz do Iguaçu.
Quem preparou o tipo de maquiagem e cabelo que Thawany para as produções foi Mulinari Cabeleireiros. O cirurgião plástico Gustavo Capobianco também aplicou alguns de seus procedimentos mágicos, para realçar a beleza da miss no concurso mundial. Além disso, leva 45 lembrancinhas das Cataratas do Iguaçu e do Marco das 3 Fronteiras, que serão distribuídos entras as outras candidatas de todo o mundo.

O traje social fica por conta de Ateliê Sonia Camargo, a roupa casual por boutique Cia da Moda, calçados da empresa Salto Alto, também de Foz do Iguaçu.

Também leva na bagagem todo o gingado e beleza da mulher brasileira, expressados no traje típico que irá usar, desenvolvido por Adriano Bernardo, mestre na arte da criação, com o Atelier Arte Fantasias. Este traje está sendo patrocinado pelo Estacionamento Tarobá do Aeroporto. Tudo isto é somado para formar a imensa energia positiva que visa trazer a coroa de Miss Globe World para o Brasil.

Miss Foz do Iguaçu – A empresa Certames de Beleza já lançou o concurso Miss Foz do Iguaçu edição 2020. Asinscrições já estão abertas e se encerram no dia 10 de novembro. Nesta seleção teremos o nome de Foz do Iguaçu para o Miss Paraná 2020, que acontece no dia 24 de novembro no salão de convenções do Recanto Cataratas Thermas & Resort.

Como fazer a inscrição:
Presencial: Yes Model Agency
Email: certamesdebeleza@gmail.com
WhatsApp: 45 99968 1122


+ Informações/Rede Sociais:

www.certamesdebeleza.com

www.facebook.com/certamesdebeleza

www.instagram.com/certamesdebeleza

Já apoiam o evento:

Cataratas S.A., Grupo Capitão, Tarobá Construções e Churrascaria Rafain.

Organização local

www.certamesdebeleza.com

Assessoria de Imprensa

Silvana Canal: +55 45 9971-8013
Fotos: Alexandre Marchetti