Pazuello nomeia veterinário para dirigir programa de vacinas

O ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, trocou o diretor do programa de imunização e doenças transmissíveis.

Conforme decreto publicado no Diário Oficial da União, foi nomeado para o cargo o veterinário Lauricio Monteiro Cruz. Ele entrou no lugar do servidor de carreira Marcelo Wada.

A nomeação provocou polêmica entre profissionais da área que questionam nos bastidores a falta de experiência de Cruz para coordenar o programa de imunização, especialmente em meio à pandemia.

Ele será o responsável por coordenar a eventual vacinação contra a Covid-19 no país. Pelo menos três vacinas estão sendo testadas no Brasil.

Cruz é médico veterinário formado pelo Centro Universitário de Desenvolvimento do Centro Oeste (UNIDESC) em Goiás (2002) e tem mestrado em epidemiologia, prevenção e controle de doenças nos animais pela Universidade de Brasília (UnB).

Via CNN Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Miss Brasil se preparara para embarcar em busca da coroa na Albânia.

Thawany Faria embarca no dia 29, no aeroporto de Foz do Iguaçu, rumo a Tirana/Albânia, onde será realizado o concurso The Miss Globe World – Beauty Pageant 2020.

Na próxima quinta, dia 29, a partir das 08h, a   Miss Brasil Globo, Thawany Faria vai estar presente no aeroporto de Foz do Iguaçu, fazendo sua despedida rumo ao The Miss Globe. Durante o evento no aeroporto, a Miss Brasil vai receber a imprensa, amigos, familiares, patrocinadores e admiradores, que acompanham todos os concursos vitoriosos que ela participou, desde 2019 que são: o primeiro foi o Miss Foz do Iguaçu, em outubro de 2019, depois o Miss Paraná e por último o Miss Globo.

A representante do Brasil está indo para Tirana/Albânia onde  disputa o título The Miss Globe World – Beauty Pageant 2020. Ela será acompanhada por Danilo D´Ávila, empresário que a décadas mercado promove, valoriza e projeta o Brasil em eventos internacionais. Em Foz do Iguaçu, o suporte e toda organização dos eventos que envolvem o título, é da empresa Certames de Beleza, do publicitário Marco Freire. Na bagagem – A miss Globo Thawany Faria vem se preparando para participar do concurso mundial desde o dia que recebeu o título de uma das mulheres mais linda do Brasil. Na bagagem para Albânia, Thawany leva um belíssimo portfólio criado pelas empresas Foz em Destaque, Vision Art e o fotógrafo Alexandre Marchetti. São vídeos e fotos com imagens das Sete Maravilha da natureza, as Cataratas e da cidade de Foz do Iguaçu.
Quem preparou o tipo de maquiagem e cabelo que Thawany para as produções foi Mulinari Cabeleireiros. O cirurgião plástico Gustavo Capobianco também aplicou alguns de seus procedimentos mágicos, para realçar a beleza da miss no concurso mundial. Além disso, leva 45 lembrancinhas das Cataratas do Iguaçu e do Marco das 3 Fronteiras, que serão distribuídos entras as outras candidatas de todo o mundo.

O traje social fica por conta de Ateliê Sonia Camargo, a roupa casual por boutique Cia da Moda, calçados da empresa Salto Alto, também de Foz do Iguaçu.

Também leva na bagagem todo o gingado e beleza da mulher brasileira, expressados no traje típico que irá usar, desenvolvido por Adriano Bernardo, mestre na arte da criação, com o Atelier Arte Fantasias. Este traje está sendo patrocinado pelo Estacionamento Tarobá do Aeroporto. Tudo isto é somado para formar a imensa energia positiva que visa trazer a coroa de Miss Globe World para o Brasil.

Miss Foz do Iguaçu – A empresa Certames de Beleza já lançou o concurso Miss Foz do Iguaçu edição 2020. Asinscrições já estão abertas e se encerram no dia 10 de novembro. Nesta seleção teremos o nome de Foz do Iguaçu para o Miss Paraná 2020, que acontece no dia 24 de novembro no salão de convenções do Recanto Cataratas Thermas & Resort.

Como fazer a inscrição:
Presencial: Yes Model Agency
Email: certamesdebeleza@gmail.com
WhatsApp: 45 99968 1122


+ Informações/Rede Sociais:

www.certamesdebeleza.com

www.facebook.com/certamesdebeleza

www.instagram.com/certamesdebeleza

Já apoiam o evento:

Cataratas S.A., Grupo Capitão, Tarobá Construções e Churrascaria Rafain.

Organização local

www.certamesdebeleza.com

Assessoria de Imprensa

Silvana Canal: +55 45 9971-8013
Fotos: Alexandre Marchetti

Paulo tem projeto para o Centro Cívico que vai economizar milhões e facilitar a vida dos cidadãos.

As repartições estão espalhadas pela cidade em imóveis alugados que em quatros anos custam R$ 16,8 milhões aos cofres públicos.

Atualmente quem precisa de um serviço na prefeitura muitas vezes precisa ir de um lado a outro da cidade enfrentando transtorno e perdendo tempo e dinheiro. As repartições estão espalhadas pela cidade em imóveis alugados que em quatros anos custam R$ 16,8 milhões aos cofres públicos

Paulo tem um novo projeto

O candidato a prefeito Paulo Mac Donald apresentou um novo projeto para o centro cívico que vai reunir em um só espaço todas as secretarias, gabinetes e departamentos da prefeitura, além da Câmara Municipal, teatro, CMEI, biblioteca, quadra de esportes, refeitório e estacionamento amplo.

Para tanto, Paulo pretende reaver para o Município um terreno da União de 130 mil metros quadrados, localizado próximo da Avenida Paraná, na extensão que vai desde a Avenida José Maria de Brito até a BR-277. No final da gestão de Mac Donald, em 2012, depois de muita luta, o terreno foi repassado ao Município, mas os dois governos seguintes nada fizeram, sequer iniciaram a obra e por força de lei, o imóvel retornou automaticamente para o domínio da União.

Descaso

“No governo passado, fizeram até o lançamento da pedra fundamental, e não fizeram mais nada. Era só iniciar a obra, começar que aí já garantia a posse do terreno. Eles não fizeram nada e perderam o terreno, que é muito importante para o município. Vai acabar com o vai e vem, para lá e para cá da população quando precisa procurar uma repartição pública. Os governos anteriores preferiram desperdiçar o dinheiro com aluguel de R$ 4,2 milhões por ano, ou seja, R$ 16,8 milhões em quatro ano, valor que construiria a sede própria da prefeitura”, afirmou Mac Donald.

O candidato diz que a cidade só não tem o centro cívico “por absoluto descaso, abandono e incompetência, despreparo e falta de visão dos que comandaram a prefeitura nos últimos oito anos. Temos um bom diálogo com o governo federal e vamos atrás, lutar para reconquistar e finalmente a gente fazer o nosso centro cívico como é para ser”.

Solução

Reavendo a posse do terreno, a ideia é usar parte do imóvel para alavancar recursos para a construção. “Planejamos deixar uma área para vender lotes para iniciativa privada instalar os empreendimentos. Com o dinheiro desses lotes vamos construir a sede. Assim, além de não gastar, vamos economizar os milhões com aluguel”, concluiu Paulo Mac Donald.