Hamburgueria inspirada na série The Big Bang Theory chega à Curitiba

Bazinga!! Os burgers inspirados no seriado mais divertido da televisão são a aposta do The Big Bang Burger que acaba de inaugurar em Curitiba. Com atendimento exclusivo no formato delivery, a hamburgeria começou a operar com uma promoção super especial: 2X1. Pediu um Young Sheldon Burger leva outro igual por apenas R$ 12,90. A taxa de entrega também está com valor promocional no mês da inauguração, por apenas R$ 10.

Todas as receitas dos burgers, shakes e sobremesa foram inspiradas no cardápio da semana da série The Big Bang Theory. São seis burgers servidos no pão francês bem crocante, sendo uma opção vegetariana – o Stuart Veg Burger. Com inspiração chinesa – cardápio de segunda-feira – chama atenção o Rajesh Burger que leva peito de frango no cássico molho xadrez. Outra opção é o Leonard Pepperoni Burger que fez a clássica pizza de pepperoni do seriado ir parar dentro do pão crocante.

São três sabores de milkshakes com valor único de R$ 12,90 cada. Tem o Amy Strawberry, Bernadette Vanilla e o Prof. Prócton Chocolate Shake. Para quem não dispensa a sobremesa, pode pedir o Penny Penny Penny Cheesecake, servido com calda de morango (R$ 16,90). O cardápio conta ainda com outras opções de bebidas, como refris, água e cerveja. É tudo tão gostoso e prático que nem a mãe do Leonard vai colocar defeito!

O atendimento do The Big Bang Burger é das 11h30 às 22h, todos os dias. Os pedidos devem ser feitos pelo WhatsApp: (41) 3402-4265

Mais informações:

Pedidos: api.whatsapp.com/send?phone=554134024265

Instagram: @bigbangburger.br

Bairros atendidos pelo delivery: Abranches, Água Verde, Ahú, Alto da Glória, Alto da XV, Bacacheri, Bairro Alto, Barreirinha, Batel, Bigorrilho, Boa Vista, Bom Retiro, Cabral, Cachoeira, Cajuru, Campina do Siqueira, Campo Comprido, Capão da Imbuia, Cascatinha, Centro, Centro Cívico, Cristo Rei, Fanny, Guabirotuba, Guaíra, Hauer, Hugo Lange, Jardim Botânico, Jardim Social, Jardim das Américas, Juvevê, Lindóia, Mercês, Mossungue, Parolin, Pilarzinho, Portão, Prado Velho, Rebouças, Santa Cândida, Santa Felicidade, Santa Quitéria, Santo Inácio, São Braz, São Francisco, São João, São Lourenço, Seminário, Taboão, Tarumã, Tingui, Vila Izabel, Vista Alegre, Uberaba

BOLETINS PERMITEM ACOMPANHAR PASSO A PASSO DAS OBRAS DA PONTE DA INTEGRAÇÃO.

O avanço dos serviços nos pilares da ponte do lado paraguaio é detalhado em ambas as edições, com ênfase no método de concretagem utilizado para subir a estrutura. A evolução das obras da Ponte da Integração, que vai unir Foz do Iguaçu ao município paraguaio de Presidente Franco, pode ser acompanhada mês a mês por meio de um boletim publicado pelo departamento de Estradas de Rodagem (DER), responsável pela gestão dos trabalhos de construção. Financiada com recursos da margem esquerda da Itaipu Binacional, a ponte deverá estar concluída em 2022, juntamente com a Perimetral Leste, um acesso direto até a BR-277. O acompanhamento das obras pelos boletins do DER permite saber exatamente qual o estágio da obra e, indiretamente, como estão sendo aplicados os recursos da Itaipu.

Na avaliação do diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna, “essa ferramenta (o boletim) vai possibilitar que a nossa gente veja passo a passo o avanço da obra. A divulgação transparente atende diretriz do governo do presidente Jair Bolsonaro, de acordo com os princípios da boa administração pública: legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência”.

Qualquer pessoa pode ter acesso aos boletins do DER. Para isso, basta se inscrever para receber o boletim por e-mail. A inscrição deve ser feita no portal do DER-PR, por meio deste link: http://www.der.pr.gov.br/inscrever.

Cada edição traz um resumo das principais realizações do mês, detalhes sobre a estrutura e a porcentagem de conclusão da obra de acordo com a medição mais recente. A primeira edição do boletim aborda a chegada das maiores vigas longarinas metálicas da obra, no lado brasileiro, enquanto a edição mais recente destaca o início da montagem da aduela metálica, estrutura composta pelas duas longarinas e sete transversinas metálicas, e que será a primeira a compor o vão-livre da ponte. Os boletins também incluem informações sobre programas ambientais realizados no âmbito da obra, como a prospecção arqueológica segundo plano de trabalho aprovado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), monitoramento da qualidade da água no Rio Paraná, no Rio Iguaçu e em alguns rios menores da região, além do monitoramento da fauna local. A ponte Com 760 metros de extensão e vão-livre de 470 metros, a segunda ponte internacional entre o Brasil e o Paraguai representa um investimento de cerca de R$ 323 milhões. Serão duas pistas simples com 3,6 metros de largura, acostamento de 3 metros e calçada de 1,70 metro nas laterais. A previsão é que a ela seja entregue em três anos. Outros R$ 140 milhões serão investidos nas obras da Perimetral Leste, que ligará a ponte à rodovia BR-277.

Giacobo defende orçamento maior para a saúde.

O deputado Giacobo (PL) participa em outubro da primeira reunião da bancada paranaense que começa a definir as emendas coletivas ao orçamento da União para 2021. Giacobo terá até R$ 16,2 milhões em emendas individuais – metade desse montante deve ser obrigatoriamente destinada à saúde – e a bancada de 33 parlamentares (três senadores e 30 deputados) mais R$ 247 milhões. No total, o Paraná poderá ter R$ 735 milhões para investimentos através das emendas que são impositivas, ou seja, devem empenhadas e pagas.

“Nesse momento da pandemia e até na pós-pandemia é muito importante reforçar os serviços de saúde do Paraná. Eu defendo que os recursos para este setor, através das emendas parlamentares, sejam ampliados a mais dos R$ 268 milhões previstos constitucionalmente”, disse Giacobo.

O projeto do orçamento da União para 2021 deve ser votado até a última sessão do Congresso Nacional (Câmara dos Deputados e Senado), o que deve ocorrer ainda em dezembro. “São duas grandes prioridades para 2021, ampliar os recursos para saúde e dos programas sociais e retomar a abertura de postos de trabalho. Para isso, as pequenas e grandes obras e a construção civil serão fundamentais para que as cidades possam criar novos empregos de forma mais rápida”.

Além das emendas individuais, Giacobo está articulando com os demais deputados e senadores paranaenses, a destinação das emendas de bancada, que também são impositivas. “Tenho conversado muito para que se priorize a saúde, principalmente em relação aos pequenos municípios que têm menos condições de enfrentar a pandemia”, afirmou.

Giacobo lembrou da destinação de cerca de R$ 250 milhões para 157 municípios do estado para o combate ao coronavírus ainda este ano como exemplo da articulação dos parlamentares do Paraná. “São vários municípios que receberam recursos para o enfrentamento da covid-19”.